Síria: Para quando o embargo à venda de armas e à compra do petróleo?

“Existe, ou existirá algum dia, uma acção concertada por parte das instituições europeias e dos governos europeus para, não apenas uma condenação, mas uma moratória à venda de armas para os territórios em conflito? Haverá uma moratória à compra de petróleo dos territórios ocupados pelo “estado islâmico”? Sim ou não? É muito simples. Temos responsabilidades, somos excelentes a falar sobre os outros, a dar lições de moral e de como se devia fazer. Olhemos para as nossas responsabilidades. Sr. Schmit (membro do Conselho), se puder responder-me uma vez que seja a esta pergunta faça-o por favor. O que faremos para o embargo às armas e à compra do petróleo?”

Marisa Matias – durante o debate sobre a situação na Síria – 07/10/2015

O Sr. Schmit mais uma vez não respondeu.

AGENDA 6-10Julho

Semana de Reunião Plenária em Estrasburgo, com destaque para:

  • 3ªfeira:
  • 4ªfeira :
    • debate sobre as Conclusões da Cimeira Europeia e a situação da Grécia
    • votação do Relatório sobre TTIP
    • debate sobre o papel da UE no processo de paz para o Médio Oriente

Todos os debates podem ser seguidos em directo na página web do plenário

Afinal o que faz o BE no PE?

No Parlamento Europeu, o trabalho dos deputados desenvolve-se sobretudo no âmbito das comissões parlamentares. No início de cada legislatura os deputados decidem quais as comissões parlamentares que irão seguir ao longo do mandato.

Marisa Matias é membro da Comissão Parlamentar dos Assuntos Económicos e Monetários (ECON) (clicar para saber mais) da qual é coordenadora do GUE/NGL, na Comissão Parlamentar de Investigação, Indústria e Energia (ITRE) (clicar para saber mais). Continuar a ler

O que é a Delegação do Maxereque?

A Delegação do Parlamento Europeu para as Relações com os países do Maxereque, ou DMAS, inclui o Líbano, a Jordânia, a Síria e o Egipto, é responsável pela manutenção e desenvolvimento das relações entre o Parlamento Europeu e aqueles países, nomeadamente no que se refere à aplicação da chamada política de vizinhança.

A actividade da DMAS reveste-se de particular importância no contexto actual, perante a ofensiva do auto-proclamado Estado Islâmico na região, em particular na Síria, a guerra civil, a crise humanitária e os respectivos impactos em toda a região.

Continuar a ler